PLANTÃO 24H. Ligue: (51) 3491.6100

Se o seu gato se lambe demais, pode estar com dermatite

Se o seu gato se lambe demais, pode estar com dermatite

A dermatite por lambedura é um problema de pele comum entre os felinos. Clinicamente denominada dermatite psicogênica, a doença geralmente é causada pelo estresse que leva o gato a se lamber compulsivamente, arrancando os próprios pelos e chegando a se ferir gravemente.

Se o seu bichano está apresentando esse comportamento, fique alerta antes que ele se machuque. Além das lambidas excessivas, o gatinho pode se esfregar demais em móveis e paredes, resultando em feridas abertas no corpo.

Claro que o fato de lamber o corpo faz parte da natureza dos gatos, no entanto, de forma prazerosa. Mas quando essa atitude sai do controle e prejudica a integridade física do animal é hora de buscar ajuda de um veterinário de sua confiança.

Nem sempre os gatos gostam de ficar perto de outros gatos, ou de outras espécies, o que pode provocar briga entre eles. É comum esses animais chegarem ao consultório com feridas provenientes de lutas e arranhaduras, por não conviverem bem com os seus similares.

Também as alterações na rotina dos felinos podem causar esse transtorno mental e criar esse quadro de irritabilidade. Essas disfunções neuro-hormonais que se estabelecem com o estresse que atinge o animal fazem com que ele entre nesse processo de lambidas compulsivas.

As situações estressantes conduzem a elevação dos níveis de hormônio e, consequentemente, da produção de endorfinas. Assim, instintivamente o animal é levado a se lamber de forma sucessiva. A dermatite psicogênica ainda pode ser fruto de depressão, de abandono ou maus tratos, além da falta de higiene no local onde vive o felino.

O que leva o ato de se lamber a se transformar em lesões pelo corpo do gato, em regiões como as patas ou a barriga, são as “farpas” presentes na língua do animal. O atrito causado por estas estruturas pode evoluir para feridas graves e infecções, e a enfermidade cutânea pode ter outras complicações como as dermatites bacterianas.

Se o seu gato começar a morder ou mastigar várias vezes alguma parte do corpo é uma evidência de que ele precisa de atendimento médico. O especialista irá fazer uma avaliação aprofundada, constatando inclusive se existem outros problemas como coceira por alergia ou fungos, que podem acontecer junto com a dermatite psicogênica.

O histórico do comportamento do animal será avaliado também, assim como haverá a necessidade de exames laboratoriais para um diagnóstico completo. O tutor do pet deverá narrar as mudanças na rotina do gato e de que forma começaram as reações do animal que passam também por fatores alimentares e de sono.

Deixe uma resposta

Fechar Menu