PLANTÃO 24H. Ligue: (51) 3491.6100

Plantas podem ser um grande perigo à saúde de seu pet

Plantas podem ser um grande perigo à saúde de seu pet

Algumas plantas ornamentais que você tem dentro de casa ou mesmo no jardim podem fazer mal ao seu animal de estimação e até levá-lo à morte. Tanto cães quanto gatos podem ser intoxicados por substâncias que se encontram em folhagens, flores e frutos de uma série de espécies vegetais.

Os sintomas de intoxicação são bem diversificados, atingindo de forma grave ou não o seu bichinho. Se isso ocorrer com o seu mascote, leve-o imediatamente ao veterinário e informe o médico sobre o tipo de plantas que têm em casa.

Geralmente os animais mais jovens tendem a mordiscar folhas ou caules por causa da curiosidade ou mesmo com o aparecimento dos dentes. Outra razão para o seu pet se interessar pelos vegetais pode ser o tédio ou o estresse, usando a planta como brinquedo ou distração.

Também o desconforto gástrico ou intestinal, a conhecida dor de barriga, faz com que o cachorro mastigue a grama do pátio ou outras plantas a seu alcance. O cheiro, a cor ou o gosto dos vegetais são outros fatores que atraem o animal. Ele ainda pode arrancar ou mastigar as folhagens para chamar atenção do dono.

A intoxicação pelas plantas atinge diversos órgãos do cão ou gato, como a boca, o sistema digestivo, sistema nervoso, sistema cardiorrespiratório e sistema hepático, além de causar enfermidades dermatológicas. Dependendo do grau de toxicidade da planta, os sintomas serão leves ou extremos.

Seu animal pode ter apenas ou irritação na língua, por exemplo, ou perder a coordenação motora. Pode vomitar ou chegar às convulsões. Pode ter um ressecamento da pele ou apresentar fraqueza e desidratação.

Se o seu parceiro é ainda filhote, saiba que o metabolismo em desenvolvimento do animal jovem é atingido de maneira mais agressiva pela toxinas do vegetal. Também há quadros mais delicados nos cães idosos, cujas reações metabólicas são mais deficientes.

Outro fator a ser considerado no nível de intoxicação é a forma como o animal absorve os vegetais nocivos, se ele tem apenas contato ou ingere a planta. Ainda a quantidade da substância absorvida e a parte específica da folhagem vão fazer a diferença no quadro clínico do pet.

Os sintomas são diversificados e muitas vezes se apresentam ao mesmo tempo, com mais intensidade. A seguir, você vai conhecer a maioria deles e a relação com cada tipo de planta. Mas lembre-se que sempre é melhor buscar as informações com um profissional especializado.

Antúrio

Causa náusea, vômito, diarreia, salivação, asfixia, inchaço da boca, lábios e garganta, queimação de mucosa e edema de glote.

Avenca

É uma planta que pode levar os animais de estimação a contraírem câncer.

Azaleia

Os sintomas são distúrbios digestivos e alterações cardíacas.

Bico-de-papagaio

Essa espécie de vegetal causa vômito, náusea e gastroenterite nos pets.

Comigo-ninguém-pode

A planta é responsável por muita dor, edema e irritação da mucosa, evoluindo para a asfixia, resultando na morte do animal.

Copo-de-Leite

Irritação das mucosas, edema de glote, dor forte, salivação intensa e dificuldade nos movimentos.

Coroa-de-Cristo

Esse vegetal produz reações inflamatórias nos animais como inchaço e vermelhidão, além de dor.

Espada-de-São-Jorge

Irritação da mucosa, deficiência respiratória, salivação intensa e ataxia.

Espirradeira

Leva à irritação da boca, náusea, vômito, diarreia, dor abdominal, pulsação acelerada, desequilíbrio, paralisia, sonolência, dispneia, coma e morte.

Fumo-bravo

A planta é causadora de náusea, vômito, diarreia, inflamação do intestino, gastrite e problemas neurológicos.

Lírio/Lírio da Paz

Irritação oral e ocular, coceira na pele ou nas mucosas, problema para engolir e respirar e alterações nas funções renais e neurológicas.

Mamona

O animal pode ter vômito, excesso de salivação, diarreia, sensibilidade abdominal, cólica, desidratação, sangramento nas fezes, hipertermia e desidratação.

Tomate verde

O cão ou o gato pode apresentar arritmia cardíaca, dificuldade de respirar, salivação abundante, diarreia e vômito.

Violeta

Gera vômito, diarreia, gastrite e depressão circulatória e respiratória.

Deixe uma resposta

Fechar Menu