PLANTÃO 24H. Ligue: (51) 3491.6100

Patinhas são frágeis e devem ser monitoradas

Patinhas são frágeis e devem ser monitoradas

As patinhas dos cães são essenciais para que eles se movimentem e se apoiem nos mais variados tipos de terrenos. E aquela região fofinha embaixo dos dedos, sensível, fica sujeita a muitos riscos e possíveis danos quando os cachorros fazem seus passeios, correm nos parques ou até mesmo brincam no quintal de casa.

Calçamento irregular, pedrinhas soltas no chão, calor e umidade são alguns dos fatores que podem causar desconforto ou até mesmo prejudicar a saúde de seu pet. Por isso, é importante que você fique atento diariamente a essa região delicada do corpo do animal.

Queimaduras nas patinhas durante o verão são um dos perigos nas caminhadas em horários de sol intenso. Mas também o frio pode deixar as “almofadinhas” ressecadas e rachadas. O tempo seco pode acarretar até em sangramento nessa área das patinhas.

Os coxins, como são chamadas as “almofadinhas”, devem ser observados sempre na volta do passeio. Assim você pode identificar se ficaram presos ali detritos, como gravetos, espinhos ou cacos de vidro, que podem resultar em lesões ou outras complicações.

Se você notar que essa região está machucada, leve imediatamente o seu pet ao veterinário, que dará o tratamento adequado ao ferimento. O médico também poderá orientar você no caso dos coxins ressecados ou na prevenção deste problema com a hidratação do local.

A tosa do pelo nas patinhas também é importante, o que evita a proliferação de fungos nas patas. Os animais de pelo baixo têm menos probabilidade por terem a região mais ventilada. Já os peludos devem ter o pelo tosado entre os dedos, facilitando a higiene e evitando a criação de nós, o que seria um ótimo ambiente para o aparecimento de bactérias também.

Com o pelo das patinhas tosado, o seu cãozinho ficará mais seguro para caminhar e correr. O pelo alto também pode se enroscar nas unhas, repuxando a pele e machucando os coxins. Também pode ser um verdadeiro alojamento para carrapatos que procuram locais quentes para se instalaram.

E mais: o corte das unhas também evita o desconforto na locomoção de seu animalzinho. O comprimento ideal é aquele onde a unha encoste a ponta no chão. Mas cuidado, pois existe um vaso sanguíneo no interior da unha que, se for cortado, pode sangrar muito. Assim, é melhor você deixar o seu bichinho nas mãos de quem entende do assunto e que faz esse tipo de procedimento de forma adequada e segura.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu