PLANTÃO 24H. Ligue: (51) 3491.6100

Gatos também sofrem de alergias e precisam de tratamento

Gatos também sofrem de alergias e precisam de tratamento

Os gatinhos também sofrem de alergias, como nós. Diversas coisas incomodam os bichanos como produtos de limpeza e perfumes, devido ao cheiro forte destas substâncias, que podem provocar asma e bronquite, entre outros males.

Um dos quadros alérgicos que podem ser difíceis de detectar é o relacionado a ingredientes das rações e de outros alimentos, que causam um transtorno inflamatório, resultando em uma dermatite ou outras enfermidades que incomodam muito o bichinho.

Uma alergia bem mais habitual é consequência da incidência de pulgas e até dos medicamentos utilizados para eliminá-las. O contato com árvores, flores e outros vegetais também pode ocasionar alergias nos felinos. Cigarro, tecidos e plásticos trazem composições que disparam situações alérgicas no seu pet.

A hipersensibilidade dos gatos leva essa espécie para alergias a vários componentes, passando inclusive por remédios veterinários e outras substâncias medicinais, dificultando muitas vezes a detecção do fator causador da doença.

Atenção para os sintomas

Mas alguns sintomas chamam atenção para a alergia que pode estar acometendo o seu bichinho de estimação. Feridas ou outros problemas de pele, prurido nas lesões, coceira e inchaço podem ser sinais alérgicos.

O peludo também pode apresentar diarreia, vômito, tosse e até engasgo, atingindo situações mais graves com dificuldade para respirar, o que exige um atendimento de urgência. O melhor é não deixar chegar ao ponto de faltar o ar para o animal e sim que ele seja avaliado por um médico quando começarem as indicações de alergia.

Se o seu gatinho apresentar alguns desses sintomas, procure logo um veterinário de sua confiança, para que o seu companheiro não sofra mais e não corra riscos de morte. As alergias não têm cura, mas com tratamento específico são controlados os sintomas e o mal-estar.

Alergias alimentares

Quando o diagnóstico for a intolerância a determinados alimentos, o médico deverá prescrever uma dieta adequada para sanar essa deficiência. A avaliação de um especialista ainda pode evitar a evolução para uma doença intestinal ou mesmo o linfoma alimentar, que é um tumor comum nos felinos.

As alergias alimentares, na maioria das vezes, são uma reação à proteína e podem aparecer em qualquer idade e raça do animal. Porém, os siameses demonstram maior risco de desenvolver essa alergia. Dessa forma, esse quadro alérgico só poderá ser identificado depois de um profissional qualificado investigar a fundo os ingredientes alimentares e o perfil clínico do felino.

Além dos sintomas mais comuns, a situação alérgica causada por substâncias da dieta alimentar pode apresentar indícios da doença como vermelhidão, cascas e desgastes na pele ou nas mucosas. Também podem ocorrer infecções de ouvido repetitivas e ainda o aumento de bolas de pelo.

Tenha a certeza e a segurança que, com o seu pet tratado, as crises alérgicas serão controladas por medicações que irão atacar os fatores desencadeadores da enfermidade. Será uma rotina nova para você e seu parceiro, com cuidados especiais, mas que trará saúde e vida longa ao animal.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu