PLANTÃO 24H. Ligue: (51) 3491.6100

Doenças urinárias em felinos: evite esse sofrimento para o seu peludo

Doenças urinárias em felinos: evite esse sofrimento para o seu peludo

É comum a ocorrência de doenças urinárias em gatos. E essas enfermidades acabam sendo bastante dolorosas para os bichanos, que não bebem muita água durante o dia, fazendo com que sua urina seja mais concentrada, o que deixa esses animais mais vulneráveis.

Os quadros clínicos que podem afetar as vias urinárias dos felinos passam por cálculos renais, inflamação dos rins e da bexiga, conhecidos como nefrite e cistite, respectivamente. Mas para identificar a doença, é preciso que um veterinário examine o animal, já que os sintomas são muito semelhantes entre as moléstias deste tipo.

Se o seu gato apresenta dificuldade para urinar ou usar a caixa de areia ou se ele elimina pouca quantidade de urina, pode ser um sinal de infecção. O gatinho pode chegar a chorar na hora de fazer xixi e eliminar o líquido junto com sangue. A prostração e a falta de apetite são outros sintomas, que podem culminar também com a febre.

Diagnóstico e tratamento

O estresse pode ser um desencadeador dessas doenças, assim como a alimentação inadequada ou a obesidade do seu peludo. Há casos também relacionados com os indivíduos que tenham sido castrados. Mas, de qualquer forma, só depois de serem feitas análises do sangue e da urina e outros exames como ultrassom abdominal ou raio X é que será possível diagnosticar o problema.

Provavelmente, o médico indicará antibióticos para o gato ou até mesmo medicação para desobstruir as vias urinárias. Se o caso for mais grave, pode haver a necessidade da inserção de cateter ou de intervenções cirúrgicas, exigindo a internação do animal e o monitoramento da evolução clínica, evitando também que outros órgãos sejam danificados.

A inflamação urinária prejudica a qualidade de vida dos animais de companhia, afetando a função de órgãos importantes como os rins, que são verdadeiros filtros do organismo. Assim, é preciso ter cuidado com o comportamento do animal, que pode mudar diante destas circunstâncias. A atenção de um especialista, assim como toda a estrutura hospitalar de acompanhamento podem ser determinantes à vida do pet.

Comportamento e alimentação

Levar o seu gatinho para fazer um check-up anual é uma eficiente forma de prevenir as doenças do trato urinário. Em uma conversa com o veterinário sobre o cotidiano de seu felino, o profissional poderá identificar falhas nesta rotina, ligadas ao relacionamento do felino com outros animais, a alimentação que ele ingere ou outros comportamentos que podem resultar no surgimento de problemas sérios.

Por outro lado, é possível que o gato não apresente sintomas dessas doenças. Mas se você notar algum sinal, por mínimo que seja, não espere que isso passe com o tempo, pois a situação pode piorar, além de fazer o seu parceiro sofrer sem necessidade. Procure um veterinário de sua confiança e garanta o bem-estar e a sobrevivência de seu bichinho.

Deixe uma resposta

Fechar Menu