PLANTÃO 24H. Ligue: (51) 3491.6100

Coelhos: fofos, cheios de energia e silenciosos

Coelhos: fofos, cheios de energia e silenciosos

Os coelhos são bichinhos de estimação muito fofos. Pequenos, curiosos e quietinhos, têm um comportamento diferente dos cachorros e gatos. Mas é um animal de companhia tranquilo, silencioso e que se adapta muito bem a apartamentos.

Ele gosta de carinho e de colo, como os outros bichanos, de um afago no pescoço ou a mão deslizando em seu pelo macio. E muitas vezes ele pede essa atenção se encostando no seu dono, como os companheiros felinos e os próprios cães.

As raças de coelho são diversas, variando entre o tipo mais comum e o mini. Mas são todos dóceis, mudando apenas o peso, a cor da pelagem ou o formato das orelhas, por exemplo. Os brinquedos para essa espécie de animal são os de roer, principalmente.

Os coelhos necessitam de espaço, pois dão saltos e pequenas corridas. É um animal de solo, e costuma explorar o ambiente onde vive. Outra característica desses bichanos é gostar de entrar em tocas, em lugares para se esconder. Ele vive bem em um cercado, contando que possa se movimentar naturalmente.

A alimentação para eles pode ser uma ração à base de ingredientes de origem vegetal. Mas você pode complementar os nutrientes com folhas verdes escuras como as de couve, chicória e beterraba ou pedaços de cenoura, nabo e rabanete. O feno também é essencial para esses peludos.

Esses bichinhos, que não exalam odor, fazem a sua própria higienização. Porém, você pode utilizar lenços umedecidos para limpar as patas ou a área genital se for preciso. A escovação do pelo é indicada para a complementação da limpeza e para evitar os nós. Já a urina e as fezes devem ser limpadas diariamente para que eles não tenham contato com os excrementos.

Uma visita periódica ao veterinário é indispensável, para que o médico possa observar mais atentamente o estado de saúde do animal e passar mais informações em relação aos cuidados dele como a vermifugação e a castração, que ajuda a prevenir doenças.

Os coelhos conseguem passar por longos períodos sozinhos, sem tédio ou estresse. Mas é importante que não falte bastante água, alimentos, feno e brinquedos. E, claro, o banheirinho onde eles podem fazer as suas necessidades, pois também aprendem a utilizá-lo.

Esses orelhudos cheios de energia interagem com os humanos e se apegam rapidamente aos seus donos e familiares. Eles respondem aos chamados, chegam a dormir com um carinho e se adaptam à rotina e aos horários da casa, já que, por natureza, são animais noturnos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu