PLANTÃO 24H. Ligue: (51) 3491.6100

Alimentação deve ser sinônimo de saúde

Alimentação deve ser sinônimo de saúde

A alimentação está diretamente ligada à saúde e ao crescimento do animal. Assim é muito importante que o dono do pet escolha o alimento que dará ao seu bichinho, o que certamente vai prolongar a vida dele.

E melhor ainda é consultar um veterinário, pois a ração e os complementos alimentares irão variar de acordo com raça, fase da vida, atividades físicas, entre outras características da rotina do seu companheiro.

A maior parte do que o pet vai comer será preenchida por ração. Mas diante de tanta variedade que existe no mercado é difícil escolher o produto certo. Também é preciso saber a frequência com que o animal vai comer e a quantidade.

O alimento deve ser nutritivo com ingredientes como ômega 3, antioxidantes e óleos vegetais, substâncias que fazem muito bem à pele e pelos. A nutrição balanceada acaba saciando mais a fome dos animais, já que são mais concentradas

No caso dos gatos, a ração mais indicada é a úmida, os patês, pois auxiliam na hidratação do animal, já que eles não costumam beber muita água, o que pode resultar em cálculos renais e na bexiga.

Quando o assunto é o filhote, muda muito a frequência da alimentação. Eles precisam comer mais vezes durante o dia. E dependendo da raça, esse modo se prolonga até os dois anos de idade. Por isso é importante procurar informações com um especialista.

Já os cães idosos, devido ao metabolismo mais lento, devem ingerir menos calorias, assim com os animais castrados. Os ingredientes do alimento devem priorizar as fibras e proteínas. Para pets acima do peso existem as rações light, com pouca gordura.

Os petiscos industrializados não devem complementar a alimentação pois possuem bastante calorias. Na hora de premiar o seu bichinho, opte por alimentos saudáveis como legumes e frutas. Mas fale com o seu veterinário, pois existem alimentos, mesmo naturais, que são tóxicos para o seu pet.

Deixe uma resposta

Fechar Menu